domingo, 24 de outubro de 2010

Veruschka Von Lehndorff



Nos anos 60, quando milhares de quilômetros luz separavam os conceitos de sex-appeal entre a Europa e os Estados Unidos; a manequin Veruschka tornou-se a modelo que revolucionou o mundo da moda e enlouqueceu cabeças no Velho Mundo.
Nascida na East Prússia, província alemão até 1945, seu verdadeiro nome é Vera Grafin von Lehndorff-Steinort. Seu pai, um conde prussiano, foi morto pelos nazistas por ser da resistência e a família perdeu tudo na guerra.
Descoberta com 20 anos pelo fotógrafo Ugo Mulas, seu rosto se popularizou durante a década dos 60 depois de uma curiosa história. Eilen Ford, diretora da agência Ford Models a contratou, mas sua imagem não funcionou nos Estados Unidos. De volta à Europa, inventou um nome, o de Verushka e criou a partir dele um personagem misterioso, dizendo ser russa quando realmente era alemã, o que dava uma certa dose de exotismo, o resultado foi surpreendente.
Bastou uma aparição de cinco minutos no filme cult Blowup de 1966 – eleita pela Premiere como a cena mais sexy da história do cinema mesmo sem nudez - para converter-se em um ícone em revistas como Vogue e em uma musa para artistas como Dalí.
Partiu do mundo da moda em 1975 quando Gace Mirabella, a nova editora chefe da Vogue americana, sugeriu uma mudança de estilo para aproximar-se ao estilo mulher padrão das leitoras.
 

















































veruschkaconlehndorff/divinafutilidade.blogspot.com.br

Um comentário:

Mariinha disse...

A Veruschka de fato é um dos ícones fashion desse tmpo.
Adoei o post,bejim.